Seção de atalhos e links de acessibilidade

Assistência Social de Vera entrega cartões para os beneficiários do Programa Ser Família Emergencial

No município 56 famílias foram beneficiadas com o programa do Governo Estado de Mato Grosso

Data: 10 de Novembro de 2021
Autor: Dieny Vieira
Fonte: Assistência Social
Categoria: Nenhuma

No município 56 famílias foram beneficiadas com o programa do Governo Estado de Mato Grosso
Fonte: Assistência Social
Categoria: Nenhuma
Foto por: Dieny Vieira

A Prefeitura Municipal de Vera através da Secretaria de Assistência Social realizou a entrega de cartões do programa Ser Família Emergencial do Governo do Estado de Mato Grosso, para algumas famílias beneficiadas. O Ser Família Emergencial garante a transferência de renda para famílias que vivem em situação de extrema pobreza. O programa é um auxílio para famílias de baixa renda que passam dificuldades por conta da pandemia da Covid-19, e terá tempo de duração específico.

A previsão do Estado é atender pelo menos 100 mil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, com o auxílio emergencial de R$200 reais que será pago mês sim mês não. A Assistente Social e coordenadora do Programa em Vera Rosineide Josefa de Araújo, explicou como funciona o programa e falou sobre a importância dele para as famílias beneficiadas.

“Ao todo foram selecionadas 56 famílias, hoje nós estamos com 54 por que duas se mudaram do município. Essas famílias são selecionadas pelo Governo do Estado através do seu cadastro único. O benefício é de grande valia, pois são famílias que estão em estado de pobreza ou extrema pobreza, e esse auxílio vai auxiliar na alimentação já que o cartão é um vale alimentação no valor de R$200 reais. Contamos com a colaboração dos beneficiados para estarem fazendo o uso correto do cartão comprando alimentação. O cartão já vem direcionado para a família e não pode ser passado para terceiros. Se houver alguma família que tenha superado a sua vulnerabilidade, que venha ao CRAS e nos informe, pois, outra família poderá ser selecionada”, concluiu Roseneide.